Facebook RSS Twitter
Seja bem-vindo! Hoje é Quinta-feira, 04 de Março de 2021.
RELEASES

SAÚDE: Banheiro é o principal local de escorregões e quedas

Um acidente doméstico resultou em desfalque importante para o time do Flamengo na 37ª rodada do Brasileirão. O volante Willian Arão fraturou o dedo do pé direito em momento de desequilíbrio enquanto estava no banheiro, batendo com a ponta do dedo em um obstáculo.
 
Quase um quarto de todos os ossos do corpo estão nos pés, responsáveis pelo apoio e locomoção. “Por tratar-se de ossos pequenos, as falanges dos dedos dos pés podem sofrer fraturas com traumas relativamente leves. Estas lesões raramente requerem cirurgia, mas é de suma importância a avaliação e o acompanhamento médico para que o alinhamento do dedo se mantenha adequado”, ressalta o presidente da ABTPé (Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé), Dr. José Antonio Veiga Sanhudo.
 
“A maioria das fraturas ocorrem ao bater com o dedo em uma superfície rígida, tropeçar em algum móvel ou pelo impacto de algum objeto que caia sobre o dedo. No banheiro, onde aconteceu o acidente com o atleta, o piso molhado e escorregadio é o principal responsável por escorregões e quedas, e como neste ambiente é comum andarmos com os pés descalços, o risco de fraturas é maior”, fala o médico.
 
Neste cômodo da casa, a utilização de tapetes de borracha, tiras ou dispositivos antiderrapantes são importantes para prevenir acidentes. Outra dica relevante é que saboneteiras e toalheiros sejam instalados de modo que o alcance seja fácil, para evitar a necessidade de ficar se esticando na ponta dos pés.
 
Idosos necessitam de ainda mais atenção. A instalação de barras de ferro junto ao boxe do chuveiro e vaso sanitário são pontos de apoio para minimizar o risco de quedas. “A recuperação de fraturas nestes locais costuma ocorrer em 4 a 6 semanas e pode ser mais demorada nas pessoas de idade avançada”, conclui Dr. Sanhudo.
 
Dor, inchaço e hematomas são os sinais mais comuns de uma fratura no pé e servem de alerta para a necessidade de uma avaliação. Ao ter um dedo quebrado, a pessoa pode ser capaz de andar, mas isso poderá agravar a lesão. Em suspeita de fratura, consulte um especialista em cirurgia do pé, que orientará o tratamento mais adequado.
 
 
Sobre a ABTPé
 
A Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPé) foi fundada em 1975 com a missão de unir a classe médica na especialidade, além de estimular o intercâmbio de informações científicas, fomentando a educação continuada entre os especialistas de pé e tornozelo no Brasil. Também tem a responsabilidade de esclarecer a população sobre os temas relacionados à especialidade.
 
A ABTPé está à disposição para informações e entrevistas sobre a saúde e cuidados com os tornozelos e pés, trazendo esclarecimentos sobre diversos temas, como acidentes nos esportes com lesões, acidentes domésticos com lesões, deformidades, pé diabético, cuidados com o uso de saltos altos, joanetes, fascite plantar, cirurgia plástica nos pés, esporão do calcâneo, calos e calosidades, metatarsalgia, neuroma de Morton, gota, artrite, entorse, fraturas, entre outros.
 
 
 
Assessoria de Imprensa:

Predicado Comunicação
 
Telefone: (11) 4930-2006
 
Carolina Fagnani - carolina@predicado.com.br - (11) 9 9144.5585 WhatsApp
 
Vanessa de Oliveira - vanessa@predicado.com.br (11) 9 7529-0140 WhatsApp

Pense antes do BOM DIA GRUPO
Filosofando sobre a conduta no "Whats"   [...]
Jornalista da Predicado colabora em reportagem da revista Gestão & Negócios
A jornalista Carolina Fagnani, diretora executiva da Predicado Comunicação Empresarial foi conv [...]

55 11 4930-2006
predicado@predicadobrasil.com.br

Avenida Imperatriz Leopoldina, 263
Sala 14 - Nova Petrópolis
CEP 09770-271
S. Bernardo do Campo – SP

Atendimento: segunda a sexta-feira,
das 9h as 18h

Predicado © 2013, Todos os direitos reservados.  | Política de Privacidade | Direitos Autorais | Fale Conosco